MP responde TJ

Muito estranho que um desembargador nomeado com a anuência da ré durante um dos seus governos tenha tomado esse tipo de medida. Por que decidiu dessa maneira tão rápida? É de se desconfiar de qualquer amparo jurídico para essa decisão.”

Resposta indignada do promotor de justiça Paulo Roberto Ramos à decisão do desembargador Froz Sobrinho de desbloquear os bens da ex-governadora Roseana Sarney do Caso Sefaz com desvio de R$ 1 bilhão.

Deixe uma resposta