La La Land

Quem nunca sonhou em ser uma estrela do cinema?! Muitos estão por aí em busca desse sonho que parece tão distante, mas que faz parte da rotina de milhares de artistas pelo mundo.
La La Land poderia ser um filme sobre isso. Mas vai além. O que vemos na telona é uma obra de amor à arte. A paixão do artista. Seus sofrimentos. Sua persistência. O que dizer então da atuação brilhante de Emma Stone e Ryan Gosling.  Que primor. O casal levam todo o amor pelo cinema e pela música, respectivamente, para sua própria relação. E não se trata de beijos e abraços, mas de dança. Eles dançam muito. Eles voam. Eles sonham.
É preciso, ainda, destacar a brilhante fotografia de Linus Sandgren por sua habilidade de usar o claro e o escuro como um diferencial na linguagem do filme.
O diretor Damien Chazelle conseguiu fazer de sua direção uma verdadeira composição. Ele orquestrou os atores como um maestro de ouvidos atentos e gestos singelos.
E que final deslumbrante. É claro que gerou uma expectativa e seu salto foi ainda maior. Teve coragem em um filme tão romântico. Como um solista em um Ato Final.

 

50 tons mais escuros

Chegou a vez da história de Christian Grey e Anastasia Steele ganharem um novo capítulo nas telonas.

A bela e a fera

Está pertinho da estreia. E não custa nada olhar mais um pouquinho, porque parece que A Bela e a Fera será um dos melhores lançamentos do ano.

Assassin’s Creed

Muita ação e aventura nesse blockbuster. A trama possui um constante flash back que intercala com as cenas do presente sem perder o ritmo. Destaque para a fotografia quente e para a edição.

Os Penetras 2 – Quem dá mais?

O cinema brasileiro está em um ótimo momento. Agora é a vez de curtir nas telonas o novo filme do Andrucha Waddington.
No elenco, os talentosos Marcelo Adnet, Eduardo Sterblitch, Mariana Ximenes, Stepan Nercessian e Danton Mello.

La la land

O filme que ganhou o Globo de Ouro deste ano e levou 7 estatuetas.

Minha mãe é uma peça 2

O filme é maravilhoso. Paulo Gustavo arrebenta. Você morre de rir e ainda tem tempo pra se emocionar – o roteiro tem uma quebra maravilhosa de ritmo que permite esse equilíbrio. Vale muito a pena ver. E logo.

Sing

Vale a pena viu? Os animais cantam, dançam e todos têm uma história de superação. É bem o retrato de vários artistas anônimos que estão por aí ralando e vivendo outros empregos enquanto sonham com a fama e o reconhecimento pelo talento. Além disso, o texto tem humor e leveza. Ideal para toda família.

Sing

Que tal uma animação linda e cheia de hits da música pop pro fim de semana?

Magal e os formigas

O ídolo da música que já botou o Brasil inteiro pra dançar com Sandra Rosa Madalena está nos cinemas.