Tiro no pé 

A apreensão do jornal-panfleto “Maranhão em Foco”, de responsabilidade do candidato a deputado estadual Paulo Roberto Pinto, o Carioca, anteontem, no principal terminal de integração de ônibus em São Luís, rendeu busca e apreensão, pela PF, autorizada pelo TRE, na Gráfica Escolar, integrante do Sistema Mirante.

O jornal apócrifo fazia denúncias falsas contra os candidatos a senador Weverton Rocha e Eliziane Gama, integrantes da chapa de Flávio Dino. Dizia que Weverton era ficha suja, condenado pelo STF, e Eliziane dava cobertura a estelionatário. As notícias são falsas e revelam o ambiente de desespero dos candidatos Edison Lobão e Sarney Filho, da chapa de Roseana.

De acordo com o documento em poder do TRE, foram impressos 500 mil exemplares do “Maranhão em Foco”, ao preço de R$ 27.110,25, na nota fiscal. O estranho é que Carioca
é candidato a deputado estadual e estava detonando com os candidatos a senador, que não são seus concorrentes.

Deixe uma resposta