Vaca já desconhece bezerro

A menos de dois meses das eleições, o Maranhão já se destaca no país pelo ambiente de tensão e ataques virtuais sobre a disputa do Palácio dos Leões.Apesar de seis candidatos já em processo de registro perante a Justiça Eleitoral, a guerra declarada que se trava atualmente tem como alvo o governo, comandado por Flávio Dino. Uma enxurrada de ações contra o atual governador e dele contra adversários desperta as atenções dos juízes eleitorais de primeiro grau e dos membros do TRE-MA.

Antes mesmo de registrar sua candidatura, Flávio Dino já se viu “inelegível” por decisão da juíza Anelise Nogueira, atuando no eleitoral de Coroatá, principal reduto da família de Ricardo Murad, cunhado de Roseana Sarney, que é candidata ao governo. A ação foi proposta
pela mulher de Ricardo, ex-prefeita de Coroatá, Teresa Murad. Ela é mãe da deputada estadual Andrea Murad, candidata à reeleição, junto com o pai, Ricardo, que disputará uma cadeira na Câmara Federal, depois de
desistir de concorrer ao governo, para apoiar Roseana.

A juíza torna Dino inelegível e suspende seus direitos políticos por oito anos, juntamente com o seu ex-secretário de Comunicação, Márcio Jerry; o prefeito de Coroatá, Luiz da Amovelar, e o vice, Domingos Alberto. Por ação no estilo “jogo pesado”, Ricardo é chamado de “trator”, desde que rompeu, em 1992, com os Sarney, atirando pesado até em 1997, quando se tornaria inelegível em razão do novo casamento do irmão, Jorge Murad, com Roseana Sarney.

Agora, diante da guerra declarada sobre a disputa do Palácio dos Leões, o Tribunal Superior Eleitoral determina forças federais para garantir as eleições em 72 dos 2017 municípios do Maranhão. Um caso raro. Seja como for, será uma eleição histórica. A mais importante desde as de 1965, quando o jovem José Sarney derrotou, num golpe de urna, a
oligarquia de 20 anos de Vitorino Freire. Com a lição da vitória, Sarney criou outra, que durou 50 anos em 2014, com a derrota de Lobão Filho, com Roseana no poder.

Agora é o jogo do tudo ou nada. Vitória de Roseana significa recomposição do sarneísmo. Já a vitória de Flávio Dino, é o fim do modelo oligárquico de José Sarney, hoje com 88 anos, dos quais 64 dedicou à vida política, iniciada em 1954, com apenas 24 anos.

Deixe uma resposta