Isenção contestada

Os deputados Max Barros (PRP), Eduardo Braide (PMN), Andrea Murad (PMDB) e Adriano Sarney (PV) se revezaram, na sessão de ontem da Alema, no mesmo tom, de duras críticas, ao Projeto 224/2016, do governo Flávio Dino, que cria o Programa de Incentivo ao Desenvolvimento dos Centros de Distribuição do Maranhão.

A proposta do Executivo concede isenções fiscais a grandes empresas atacadistas, com capital social acima de R$ 100 milhões e mais de 500 funcionários. Todos os oposicionistas acharam incoerência na peça, por beneficiar os grandes e deixar de fora os pequenos. Braide manobrou, com base no regimento, para emendar o projeto, cuja votação foi adiada.

Deixe uma resposta