As encrencas partidárias de Edivaldo e Eliziane

Pelo menos duas encrencas estão formadas na disputa da prefeitura de São Luís, exatamente com os dois candidatos que estão tecnicamente empatados na dianteira das pesquisas. O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) e a deputada federal do PPS, Eliziane Gama. Ambos ainda não definiram o candidato a vice.

Júnior negocia aliança com o PSB, mas encontra resistência da base do partido que prefere a candidatura própria do deputado Bira do Pindaré. Aliás, foi o mesmo movimento que bloqueou a filiação da deputada Eliziane Gama, quando ela tentou sair da Rede.

Ao se aproximar do PSB, estimulada pelo senador Roberto Rocha, Eliziane encontrou a porta fechada pela tal militância que hoje trava a entrada do partido na aliança com Edivaldo Junior. Hoje ele daria a vice ao PSB, que tanto pode ser Bira do Pindaré quanto o vereador Roberto Rocha Júnior.

Já a encrenca de Eliziane é o PMDB. Ela teria oferecido a vice ao PSDB do deputado João Castelo, que, por sua vez, prefere o nome do vereador José Joaquim ao ex-deputado Pinto da Itamarati, presidente do diretório municipal dos tucanos. Ao entrar em conversa com o PMDB, João Alberto condicionou o apoio: Eliziane terá que ir à Roseana Sarney sacramentar a aliança.

Um comentário sobre “As encrencas partidárias de Edivaldo e Eliziane

  1. Há boatos de que o PSB ja se uniu ao PDT. acho que é verdade. Já Eliziane, Roseana disse que não quer fazer nada escondido. acho que Eliziane ta temendo não ser aceita pelo povo se unir-se ao PMDB de Sarney.

Deixe uma resposta